#2 O meu MIUT 2017 #momentomuit

Neste post vou-vos falar do momento mágico do meu MIUT!

Muitos já sabem que conheci a Lúcia Franco, precisamente há um ano, durante esta prova. Mais especificamente, após ter vomitado e estar parada na encumeada, a tentar recuperar para poder continuar (sim, desistir para a Lúcia, está sempre fora dos planos)!

Ajudei a Lúcia, e tentei orientar a alimentação dela para toda a prova... até que ela melhorou, e no posto do Pico do Areeiro ela prometeu-me em forma de agradecimento, isto:

"Vou oferecer a essa bebé o seu primeiro fato de trail"

[Sim, porque eu estava grávida da Pilar!]

Este ano estava a acompanhar a prova da Lúcia, é claro! E no mesmo posto, cerca de um ano depois ... a Lúcia fez-me a melhor surpresa que podia ter feito.
Enfim, já estão a imaginar o que era.

Vejam os momentos:



O primeiro fato de trail da Pilar!!! 



video



Estava tão giroooo!! Mesmo tão giro!!

Eu não estava nada à espera.

Mas isto não podia ficar assim, então a surpresa reverteu o sentido... e quando a Lúcia foi ao pódio, para receber o prémio da Melhor Madeirense [muito orgulho], teve uma surpresa bem fofinha (literalmente fofinha): a Pilar à sua espera com o seu primeiro fato de trail!

Digam lá que isto do trail, não une as pessoas!?! Gera muita emoção, e muitas amizades. Recomendo!

Muito obrigada Lúcia, do fundo do coração! *













Escusado será dizer, que houve muita emoção, e que são estes gestos só podem ser de pessoas muito especiais! Obrigada Lúcia ...


0

#1 O Meu MIUT 2017

Tive que descansar dois dias para conseguir fazer este post sobre a prova do último fim de semana, o MIUT! Foi tanta emoção, que noite e dia, ainda parece que continuo 'em prova'!!

Depois da intensidade que foi o MIUT o ano passado (podem ver tudo aqui), este ano tinha um 'chamamento' para voltar a acompanha-los! Só assim faz sentido... por mais que se planeie a alimentação, há tanta coisa que pode acontecer, que só em campo é que podemos ajudar.

É uma prova demasiado dura! Fisicamente é uma brutalidade, emocionalmente é muito intensa... e é impossível quem está à volta não se sentir 'invadido' por uma onda de solidariedade e apoio! E é isso que quem vai apoiar faz! Sente-se bem! Ajudamos os nossos e os outros!

Querem ver coisas giras que fiz: 

* coisas normais, como, trocar hipotónicos das mochilas, encher bidões de eletrólitos, carregar geis, barras, e outros alimentos planeados;
* desenhar planos de alimentação in loco, para até ao final da prova;
* rezar, rezar muito para que depois das minhas indicações, chegassem 'bem' aos postos seguintes;
* uns truques de mágica: fraccionar HC dos alimentos que tinha à frente;
* resolver uns mal-estares;
* resolver uma diarreia;
* permitir beber 'coca-cola' [mas estar sempre a olhar para o copo, para ver se não exageravam na dose];
* sugerir outros alimentos que não os planeados ...


A grande diferença deste ano para o ano passado, foi o 'trabalho de equipa'! Uma equipa que nem se conhecia, nem sabia que ia ser uma equipa :)

Este ano, além do Pedro, partilhei a maior parte da prova com uma grande amiga minha, a Liliana Freitas. Que por sua vez era responsável pela equipa Galomar. Que por sua vez tinha um atleta meu, que tinha o seu irmão, que era enfermeiro... O Dino. Como que 'intuitivamente' juntamo-nos os quatro, e fomos dando apoio a todos os que iam aparecendo e precisando!

Coisas giras que vi fazerem: 

A Liliana: 

* Em conversa:

     Liliana: "NÁDIA, diz-me o que ele (um atleta dela que se estava a sentir mal) precisa de comer até ao final da prova!!!"
     Eu: "Deixa-me ver o que ele tem na mala!" [Olhei para a mala... e voltei a 'fechar' a mala]
     Eu: "Lili, ele não tem nada de 'jeito'!!"
     Liliana: "Diz-me o que queres que eu arranjo!!!"
     Eu: "A sério?! Está bem!" [Desenhei o plano, numa folha de rascunho que arranquei da minha bolsa]

... 1 segundo depois, a Lili agarra no telefone e diz a alguém:

    "(...) Arranja-me frango... e enquanto esperas 'raspas beterraba'... preciso disso tudo no pico do areeiro!"

Digam lá, quem tem a Liliana na equipa tem tudo! Incansável! Que sorte a minha tê-la do meu lado!! [e quando eu não estava ao lado dela ... ela ligava-me 50 vezes haha]

Sugiro à equipa do Galomar que para o ano arranje uma capa de super-herói a esta Lili!! :D

O Dino: 

* Socorrismos fantásticos de enfermeiro! O Dino estava em todo o lado, para o que qualquer um precisasse, sempre com uma mão a massajar, a outra no 'spray anti-dor'! O conforto de todos os que saiam do pé dele, era visível! Sem dúvida, foi um membro imprescindível! E uma pessoa excelente, que gostamos muito de conhecer!

[Este post já vai longo.. e há tanta coisa, tão importante, que ainda quero dizer !!! Então vou fraccionar o post, em alguns hehe ]




Eu disse que o Dino estava sempre com o spray na mão! 


Aquele momento em que transmitimos segurança, mas lá dentro estamos a 'rezar' para que corra tudo bem!! haha Obrigada Nuno ! 


Mais um momento de pânico! :D haha 





0

#6 Dicas para um dia-a-dia mais calmo

8 Meses desta #lapacorderosa

Que coisa boa! É tão arrebatador ser mãe ou pai! Que coisa mais indescritível!!
Sim, eu tenho muito sonoooo ... e sinto por vezes falta de 'tudo'!!
De relaxar, de passear, de cozinhar, de estar com os amigos... saio a correr para o trabalho, trabalho imenso, e volto a correr para casa, para dar banhos a correr, jantares a correr, e pô-los rápido a dormir! Porque tenho de preparar o dia seguinte, fazer alguns planos alimentares, preparar umas aulas, preparar mochilas num instantinho... porque rapidamente ela está quase a acordar para uma das (2 a 3) refeições noturnas (ou colos noturnos, porque nem sempre é fome)!
Depois de manhã é tudo super rápido, porque ainda tenho de tomar banho, preparar rápido o pequeno-almoço, e ir a correr rápido deixar o Zé na escola, para ir rápido para o trabalho!
Cruzesss ... que coisa!!

Hoje em dia nós somos quase todos 'acumuladores de funções'! Mulher, mãe, trabalhadora, cozinheira, dona de casa, professora, gestora... montes de tarefas!!
Este ritmo frenético pode vir a ter complicações no nosso metabolismo! Muitas associadas ao sistema nervoso, vejam aqui neste post.

Tal como eu, conheço muitos pacientes que também passam pelo mesmo. Ao longo destes 10 anos de atendimento, aprendi com os meus pacientes e com a prática, que existem mini-dicas que nos podem ajudar, e muito, a abrandar o ritmo no dia-a-dia:

#1 Multitasking has to stop! 

A sério, devemos parar de comer o jantar ao mesmo tempo que falamos com duas ou três pessoas no facebook, e partilhamos uma foto no instagram. Devemos fazer uma coisa de cada vez, e apreciar, o momento! Estar ocupados não é sinónimo de produtividade...  o melhor é 'hierarquizar' o dia, e fazer uma coisa de cada vez!

#2 Uns minutinhos com calma

Se começo a consulta às 9h, tento sair 20 minutos mais cedo de casa. Gosto de sentir que vou com calma e que faço um 'bom dia' pela cidade a pé.
Ir com calma, dá-nos tempo para respirar, organizar ideias e se alguma coisa surgir entretanto... evitamos entrar em pânico! A velocidade com que nos deslocamos afeta a maneira como nos sentimos!

#3 Um hobby 'lento'

Pintar, escrever, ler um livro, aprender qualquer coisa nova, fazer yoga ou meditação, estes são alguns dos exemplos, que nos podem 'obrigar' a abrandar o ritmo. Qual o vosso?

#4 Desligar a 'tecnologia'

Procurem remover notificações de todas as aplicações como facebook, instagram, gmail. Quando estão no vosso tempo, tirem o som do telemóvel. Notificações constantes interrompem-nos os pensamentos e as tarefas, atrasando a nossa rotina e distraindo-nos do que se passa 'à nossa volta'.

#5 Fale menos dos 'problemas'

Combinar com amigos para conversar, rir, relativizar. De preferência, numa esplanada ao sol! Quanto menos falamos dos problemas, menos eles têm importância, menos tempo nos sentimos stressados. Converse sobre eles apenas com quem o pode ajudar, ou com quem deseja, mesmo!

#6 Respirar

Pare e respire! Vai ver que ficará mais feliz e mais saudável! Eu costumo fazer 'respirações' profundas, sempre que me levanto, quando me deito... e durante o dia quando sinto que estou a 'descontrolar'! Parar e respirar! Tão terapêutico...

É tão bom, e faz-nos tão bem reduzir o ritmo! Eu estou de férias, e sem dúvida que vou abrandar o meu ritmo!
Boa semana de Páscoa para todos :)


Não dá sempre para estar com calma, e com os nossos, mas quando dá ... é isso que eu faço :D
0

Aveia: engorda ou emagrece?

Quem é que se lembra de comer papas de aveia na infância?! Aquela receita tão tradicional, de aveia com leite, canela e açúcar! A minha mãe dava-me quando queria que eu tivesse energia (ou ficasse mais gorda haha)
Entretanto, com o passar do tempo, estas papas foram 'desaparecendo' do dia-a-dia! Digamos que, parece-me (uma vez que não fiz nenhum estudo cientifico à volta do tema) que as papas de aveia foram substituídas por outras, tais como: cerelac's, nestun's, estrelitas, chocapic's ... etc. etc.
E de repente, há cerca de uns 3 para 4 anos a aveia 'renasce das cinzas'! E com uma grande pinta!!

Muitas vezes incluímos alimentos no nosso dia-a-dia, porque estão na moda, e nem sabemos muito bem porquê!! Então hoje quis vos explicar um pouco mais sobre este cereal.

Uma das grandes vantagens da aveia, deve-se à presença de beta-glucano, um tipo de fibra solúvel com vários benefícios, tais como:

* aumento da saciedade (por isso ser boa para um pequeno-almoço ou um pré-treino)
* acção hipocolesterolemica (boa para quem tem 'problemas de colesterol')
* aumenta a concentração de ácidos gordos de cadeia curta (AGCC). Compostos que previnem o cancro do cólon e ajudam a regularizar o nosso trânsito intestinal.
* fonte de triptofano, de vitamina B6 e magnésio, percursores da serotonina (neurotransmissor responsável pelo bem-estar e bom humor)

E como podemos consumir a aveia ? 

Papas de aveia, panquecas de aveia, aveia com fruta, com iogurte, em batidos, panquecas, em pães, bolachas, etc. etc.
Só a aveia podia ser protagonista de um único workshop, não acham?! [quem sabe...]

Flocos, farelo ou farinha? 

O farelo de aveia tem maior concentração de beta-glucano, em seguido os flocos e por fim a farinha.

Tem ou não tem glúten? 

Na sua forma natural não contém glúten. Mas por contaminação ambiental, grande parte da aveia pode conter. Se for celíaco ou intolerante ao glúten prefira as opções que referenciem 'sem glúten'.

E que quantidade? 

Alguns estudos mostram que cerca de 20g de aveia na sua forma natural (cerca de 2 colheres de sopa), têm um efeito preventivo na redução do aparecimento de doenças cardiovasculares!
Mas as necessidades podem variar, o ideal é falar com o seu nutricionista :)

E já têm a resposta à pergunta do título?

Claro, é óptima! Mas depende da doseee (como em quase tudo)

:) *






0
Back to Top